Saiba qual é o caminho certo para transportar animais no carro ou no portal de trânsito de ônibus

Saiba qual é a forma correta para transportar animais no carro ou no ônibus   Portal do Trânsito

Aprenda a transportar animais adequadamente no carro ou no barramento

Saiba qual é o caminho certo para transportar animais no carro ou no portal de trânsito de ônibus Você sabe qual é o caminho mais seguro para transportar o seu animal de estimação? Por isso, dê uma olhada nas dicas e cuidados para o seu animal de estimação!

Transporte petFoto: Divulgação State News Agency PR.

Estudos sugerem que cerca de 44% das famílias brasileiras têm uma espécie de animal de estimação. De acordo com uma pesquisa realizada pelo IBGE e atualizada pelo Instituto Pet Brasil, o número total de animais domésticos em todo o território já totaliza mais de 139 milhões. Porque algumas pessoas têm dois, três ou mais animais de estimação.

Diante este cenário e pensando no bem-estar das famílias e de seus animais de estimação, o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) coletou algumas instruções sobre como transportar animais de estimação com segurança no carro ou no ônibus, seja para passeios ou viagens longas, e até mesmo em viagens curtas, como passeios até o banheiro e até a Tosa ou ao veterinário.

Saiba qual é o caminho certo para transportar animais no carro ou no portal de trânsito de ônibus

" Devemos ser prudentes não só conosco, mas também com os animais que são considerados como membros da família. O transporte em certas caixas, o uso do cinto de segurança próprio e até mesmo os cuidados veterinários salvam a vida dos nossos companheiros, " mantém Wagner Mesquita, Diretor Geral do Detran-PR.

Transporte no carro e no ônibus

Ele sublinha que os motoristas que transportam animais de transporte flagrante de forma irregular poderiam ser multados. " O transporte de animais para a esquerda ao lado do motorista ou no colo, além de danos na direção de defesa, é, também, como uma fração de tráfego, de acordo com a arte. 252, inciso II do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), " informa Mesquita. Trata-se de uma infração média com multa de R$ 130,16.

Já o transporte do pet nas partes externas do veículo é infração grave e pode render uma multa de R$ 195,23, além da ligação do veículo até a regularização.

Transporte rodoviário

Para o transporte rodoviário, os tutores de animais de estimação devem consultar principalmente as regras da empresa para este transporte. Depois você compra um ingresso para a viagem do animal, com exceção dos cães cegos. Também é necessário apresentar atestado veterinário, que indica que o animal de estimação em boas condições de saúde e apto a viajar.

Motos ou bicicletas

Para todos aqueles que gostam de pedais ou andam de moto com seu animal de estimação, não há proibição. No entanto, o ciclista ou o condutor, assim como o animal durante o trajeto deve ser seguro e confortável, enfatiza o diretor do Detran-PR.

"Não existe uma legislação que proibia o transporte, mas a falta de segurança, a falta de atenção e a falta de cuidado indispensável para a segurança, configura a infraestrutura de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB)," States.

Outros cuidados importantes

Assim como as pessoas podem pet pets durante o caminho enjoar do sentir, não é mostrado a eles momentos antes do Para se alimentar ou para se alimentar durante o curso. "O movimento e o repertório de Solóide do carro no lugar responsável pelo equilíbrio dos animais, causa esse tipo de sintoma e a possibilidade de vômito para o pet e o estresse para o condutor durante o trajeto", explica Karina Mussolino, veterinária e diretora técnica da Petz clínicas.

Ela enfatiza ainda que se o pet não tem o hábito, caminhar dentro das caixas de transporte, uma tem que fazer uma preparação.  A orientação é fazer passeios antes, por isso o pet vai se acostumar com a caixa e não se estressar durante a viagem.

" É importante também não ter o seu pet com o ronco na janela do carro e ' rosto ' ao vento. Além dos danos à saúde do animal de estimação, as inflamações no canal auditivo e úlceras de córnea, que ficam na janela do carro, podem ficar com ansiedade algum tempo e pular, causar acidentes de trânsito. Por tudo isso, eles apostam na velocidade do vento, em qualquer caso, não é recomendado ", reforça Mussolino.

 

https://www.carroetransito.com.br/